PIB cresce impulsionado pela agropecuária: setor registra alta de 11,3%

Crescimento ajudou a impulsionar desempenho econômico geral do país

0
43

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 0,8% no primeiro trimestre de 2024 em comparação com o último trimestre de 2023, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Um dos grandes destaques foi o setor agropecuário, que registrou aumento de 11,3% no período.

O crescimento robusto da agropecuária ajudou a impulsionar o desempenho econômico geral do país. O setor superou outros segmentos da economia. No mesmo período, os serviços cresceram 1,4%, enquanto a indústria permaneceu estável, com uma leve queda de 0,1%.

Apesar do crescimento trimestral expressivo, a comparação anual com o primeiro trimestre de 2023 revela desafios enfrentados pela agropecuária. O setor registrou uma queda de 3,0% em relação ao mesmo período do ano passado. Este declínio foi atribuído à diminuição na produtividade e na estimativa de produção de importantes culturas agrícolas, incluindo soja (-2,4%), milho (-11,7%), fumo (-9,6%) e mandioca (-2,2%).

No primeiro trimestre de 2024, o PIB do Brasil totalizou R$ 2,7 trilhões, sendo R$ 2,4 trilhões referentes ao Valor Adicionado a preços básicos e R$ 361,1 bilhões aos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios. A taxa de investimento foi de 16,9% do PIB, ligeiramente abaixo dos 17,1% registrados no mesmo período de 2023, enquanto a taxa de poupança ficou em 16,2%, ante 17,5% no primeiro trimestre do ano anterior.

Ao considerar os quatro trimestres encerrados em março de 2024, o PIB acumulado apresentou um crescimento de 2,5% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. Neste período, a agropecuária registrou um crescimento acumulado de 6,4%, contribuindo significativamente para o desempenho econômico do país.

Agrolink