Gripe: ES tem apenas 42,9% de cobertura vacinal e prorroga campanha de vacinação

A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90%. Até o último dia 25 de maio, 26 mortes e 301 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave foram confirmados no estado

0
41

Com pouco mais de 700 mil doses aplicadas após um mês da Campanha de Vacinação contra a Influenza, o Espírito Santo apresenta uma cobertura vacinal de apenas 42,9% dos grupos prioritários. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90%.

Com isso, deverá seguir até o fim do estoque das doses nos municípios. Segundo a secretaria de estado da Saúde, 1.384.000 doses foram distribuídas aos 78 municípios capixabas.

A orientação é do MS, por meio do Ofício Circular Nº 169/2024. Inicialmente, o órgão federal havia indicado o encerramento da campanha para o último dia 31 de maio.

ES registra 301 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)

Ainda de acordo com a Sesa, até a semana epidemiológica (SE) 21 (25 de maio), 301 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Influenza e 26 mortes foram confirmadas.

Diante disso, embora a campanha tenha sido ampliada para toda população acima de seis meses de idade, a Secretaria da Saúde (Sesa) ressalta ainda a importância dos grupos prioritários, tais como crianças de 6 meses a menores de 6 anos; indígenas vivendo em terras indígenas; gestantes; puérperas; trabalhadores de saúde; professores; e idosos (60 anos ou mais), continuarem se vacinando, uma vez que é a população mais vulnerável ao caso grave da gripe.

Folha Vitória