Taxa de desemprego se mantem estável no Espírito Santo no 4º trimestre de 2019, revela IBGE

Números revelam uma lentidão na retomada da atividade econômica no país

0
43
Foto: Reprodução/Tecnoblog

A taxa de desemprego se manteve estável no Espírito Santo no 4º trimestre de 2019. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (14). O índice registrado foi de 10,3% contra os 10,6% no trimestre anterior. Na comparação com o último trimestre de 2018, houve um aumento de 0,1% na taxa.

Os números revelam uma lentidão na retomada da atividade econômica no país e mostram que os profissionais precisam de uma boa qualificação para entrar no mercado de trabalho.

Para quem investiu em um curso superior, não conseguir atuar na área é uma frustração. A assistente social Amanda Fontenele, de 27 anos, ainda não conseguiu um emprego na área de formação. A única experiência na área foi como estagiária. Ela já trabalhou em comércios, como faxineira e, atualmente, vende bijuterias.

O último trabalho formal de Amanda foi há mais de um ano. Ela pode estar frustrada, mas não tem preguiça de trabalhar e buscar formas de conseguir uma renda. Amanda é uma das cerca de 220 mil pessoas que estão desempregadas no Estado.

De acordo com estudo realizado pelo Senai em 2019, cerca de 180 mil brasileiros perderam o emprego nos últimos anos por estarem desatualizadas. Desse total, 16 mil são do Espírito Santo.

Segundo a subsecretária de Educação Profissional da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Solange Souza, um dos obstáculos para conseguir um emprego é a falta de qualificação ou desatualização na formação.

Ela afirma ainda que um curso técnico com menor duração e que exige um baixo investimento pode ser uma solução rápida para quem deseja conseguir um emprego.

Com informações de Folha Vitória

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here