Justiça volta a afastar vereadora acusada de rachid

0
114

A vereadora da Câmara de Linhares Rosa Ivânia Eusébio dos Santos, a Rosinha Guerreira (PSDC), foi afastada, no fim da tarde desta quinta-feira (09), pela Justiça, mais uma vez. A suplente, Pamela Maia (PSDC), tomou posse no mesmo dia.

A decisão foi do juiz da Vara da Fazenda Pública do município, Thiago Albani Oliveira, que também determinou desconto mensal de 30% do salário. A vereadora passa a receber, em vez de R$ 6.192, R$ 4.334,40 por mês. Ela foi afastada pela primeira vez em fevereiro de 2018. A vereadora é acusada de “rachid”, quando o político retém parte dos salários de assessores.

De acordo com a determinação do magistrado, a defesa perdeu o prazo de três dias dado pelo desembargador Jorge Henrique Valle dos Santos, do Tribunal de Justiça do Estado (TJ-ES) para juntar documentos ao processo.

A vereadora chegou a ser presa em 2018, mas conseguiu na Justiça o retorno à Câmara. Com a perda do prazo para recorrer da decisão, ela foi afastada da função por tempo indeterminado. A assessoria da Câmara informou que o caso é analisado.

Informações de Tribuna Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here