Comissão de Agricultura debate os desafios na produção de pimenta-do-reino

Espírito Santo é o maior produtor nacional, alcançando mais 78 mil toneladas colhidas em 2023

0
25
Foto: Incaper

A Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) debate na próxima terça-feira (09), às 10 horas, no Plenário Dirceu Cardoso, os principais desafios na produção e na exportação da pimenta-do-reino.

O encontro vai aprofundar a discussão sobre essa especiaria que está entre os principais produtos da agricultura capixaba e contará com a participação de Aureliano Nogueira da Costa, secretário executivo da Brazilian Spice Association (BSA), que representa o setor no país.

A BSA apresentará as dificuldades e as oportunidades para o aumento da produção, da qualidade e da competitividade da pimenta-do-reino no mercado internacional, já que o Espírito Santo é o maior exportador do Brasil.

Para o presidente da Comissão de Agricultura, o deputado Lucas Scaramussa (Podemos), é fundamental debater ações para fortalecer os produtores capixabas. “Estamos falando de um setor que movimenta cerca de R$ 1 bilhão ao ano e está em quase 12 mil estabelecimentos rurais, principalmente no Norte do estado. Nós estamos prontos para contribuir no que for possível”, afirma o parlamentar.

Maior produtor nacional

Segundo dados do Incaper, o Espírito Santo representa aproximadamente 60% de toda pimenta-do-reino produzida no Brasil. A estimativa é que tenham sido colhidas mais de 78 mil toneladas em 2023, representando 67% de todo o volume do produto exportado pelo país. A receita gerada em 2022 alcançou a marca de R$ 976,9 milhões, correspondendo a 4% do Valor Bruto da Produção Agropecuária Capixaba (VBPA).

Informações de assessoria